Índice acionário norte-americano S&P 500 se recupera após se aproximar de mínima

terça-feira, 29 de setembro de 2015 18:26 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os índices acionários norte-americanos Dow Jones e S&P 500 fecharam em alta, após uma sessão volátil nesta terça-feira, com as preocupações com a saúde da economia mundial mantendo os investidores cautelosos após mais de um mês de turbulência.

O índice Dow Jones subiu 0,3 por cento, a 16.049 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,12 por cento, a 1.884 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,59 por cento, a 4.517 pontos.

O S&P 500 se recuperou após cair mais cedo e se aproximar das mínimas atingidas em agosto, quando receios de uma desaceleração na China assustaram os mercados.

Dos 10 índices setoriais do S&P 500, sete subiram nesta sessão, com o de saúde subindo 0,9 por cento, interrompendo uma sequência de sete dias de perdas devido, em parte, aos ganhos da Johnson & Johnson e da Gilead Sciences.

O índice de tecnologia do S&P 500 terminou em baixa, com as ações da Apple recuando 3,01 por cento, um dia após a empresa divulgar recorde de venda no primeiro fim de semana dos novos iPhones.

"Estamos respirando após a carnificina que vimos ontem e nos últimos dias", disse o chefe de operações com ações da Apex Capital, Robert Francello. "Eu não ficaria surpreso se houvesse um pequeno recua antes de estabilizar."

Investidores estão aguardando a divulgação de vários antes desta semana, que irá culminar com os números do mercado de trabalho dos EUA.

Nesta terça-feira, um relatório mostrou que o índice de confiança do consumidor dos EUA subiu a 103,0 em setembro, superando as expectativas de economistas, de 96,1.