Confiança do comércio cai pela 5ª vez em setembro por piora da percepção atual

quarta-feira, 30 de setembro de 2015 08:16 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança de Comércio (Icom) caiu 4,1 por cento em setembro na comparação com agosto, quinta queda seguida e atingindo mais uma vez o menor nível da série histórica, influenciado principalmente pela piora do sentimento em relação ao momento atual.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta quarta-feira que em setembro o Icom foi a 82,6 pontos, contra 86,1 pontos no mês anterior, quando também houve recuo de 4,1 por cento.

"A continuidade da queda da confiança do comércio sinaliza que, no terceiro trimestre de 2015, o PIB do setor deve recuar em relação ao período imediatamente anterior pela quarta vez consecutiva, algo que não ocorria desde 2002-2003", destacou o superintendente adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr, em nota.

Segundo a FGV, o Índice da Situação Atual (ISA) apresentou recuo de 10,8 por cento em setembro sobre agosto, para 50,4 pontos, menor nível da série.

Já o Índice de Expectativas (IE) teve queda de 0,9 por cento, a 114,7 pontos, também menor patamar da série iniciada em março de 2010.

"Não há, no momento, sinais de mudança de tendência para o último trimestre do ano. O setor reclama de fraqueza da demanda, escassez de crédito, custos financeiros elevados e da confiança extremamente baixa do consumidor", acrescentou Campelo.

(Por Camila Moreira)