Produtores de etanol do Brasil vão se beneficiar de reajuste de preço da gasolina

quarta-feira, 30 de setembro de 2015 14:27 BRT
 

Por Marcelo Teixeira

SÃO PAULO (Reuters) - Produtores brasileiros de etanol vão se beneficiar a médio prazo da decisão da Petrobras de aumentar os preços da gasolina, que vai impulsionar a demanda pelo biocombustível e permitir que as usinas elevem suas margens, disseram especialistas nesta quarta-feira.

"Acredito em impacto imediato (nos preços do etanol)", disse o analista de açúcar e etanol João Paulo Botelho, da INTL FCStone, em Campinas (SP), após a Petrobras anunciar na noite de terça-feira alta de 6 por cento na gasolina e de 4 por cento no diesel.

Foi o primeiro reajuste da gasolina e do diesel desde novembro e o primeiro da atual diretoria, num momento em que a forte alta do dólar frente ao real impacta custos de importação e eleva o endividamento em moeda estrangeira da companhia.

Depois de anos de crise, em parte devido ao controle de preços da gasolina pelo governo, numa tentativa de evitar alta na inflação, as pequenas margens de lucro dos produtores de etanol estão se recuperando.

Ainda não está claro se as usinas de cana do Brasil serão capazes de atender imediatamente qualquer aumento significativo na demanda pelo biocombustível.

Dois terços da atual safra de cana já foram processados no centro-sul, principal região produtora do país, onde a colheita costuma terminar em dezembro.

A maioria das usinas não estocou etanol, ao contrário, vendeu o biocombustível para levantar recursos.

As usinas também têm compromissos para entrega de açúcar comercializado, o que limita uma eventual mudança mais expressiva no mix de produção.   Continuação...