Rio Tinto desafia queda do carvão e busca US$606mi por ações de mina

quarta-feira, 30 de setembro de 2015 19:04 BRT
 

SYDNEY/MELBOURNE (Reuters) - A mineradora global Rio Tinto disse nesta quarta feira que fechou acordo para vender sua participação de 40 por cento na mina de carvão Bengalla, na Austrália, para a New Hope por 606 milhões de dólares, a mais recente movimentação envolvendo ativos de carvão australianos em meio à ampla recessão do setor.

A Rio tem buscado se desfazer de negócios menos lucrativos para ajudar a financiar sua promessa de levantar dividendos e focar em minério de ferro e cobre em meio a uma ampla queda nos preços da commodities causada pelo crescimento econômico mais lento na China.

Bengalla é a menor de três minas de carvão no Hunter Valley, próximo a Sydney, no qual a Rio Tinto é uma acionista, e produziu 8,6 milhões de toneladas de carvão em 2014.

A New Hope, capitalizada em 1,37 bilhões de dólares australianos (equivalentes a 959 milhões de dólares), disse na semana passada que estava buscando aquisições após reportar um aumento de 25 por cento no lucro anual, conforme cortes de custos compensaram uma queda nos preços do carvão para energia a mínimas de seis anos.

Analistas de Macquarie e Morgan Stanley disseram que a Rio Tinto buscava um bom preço pela participação em Bengalla.

A mineradora não quis comentar e não abriu o lucro realizado com a venda da mina de Bengalla.

(Por Swati Pandey, James Regan e Sonali Paul)