Índice europeu fecha em queda pressionado por papéis de telefonia e tecnologia

quinta-feira, 1 de outubro de 2015 14:25 BRT
 

Por Danilo Masoni

LONDRES (Reuters) - As ações europeias caíram nesta quinta-feira, com os papéis de telefonia pressionando após aumento de capital da Altice para cobrir uma aquisição nos Estados Unidos.

Os papéis de tecnologia também pressionaram devido a preocupações com encomendas de chips da Apple.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve queda de 0,41 por cento, a 1.364 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 caiu 1,02 por cento para 3.069 pontos.

As ações europeias mudaram de direção após Wall Street abrir em queda, tendo mais cedo sido sustentadas pelas expectativas de que a China possa fazer mais para impulsionar sua economia na sequência de mais uma queda da atividade industrial.

As preocupações sobre as repercussões de uma desaceleração econômica da China ajudaram o índice FTSEurofirst 300 a recuar quase 10 por cento nos últimos três meses, sua pior queda trimestral em quatro anos.

"Os mercados emergentes são muito mais importantes para a economia global do que eram durante (sua) última crise em 1997-98. Será mais difícil agora para impedir que a crise tenha significativo impacto na Europa e nos Estados Unidos", disse a corretora Equita.

As ações da Altice caíram 9,3 por cento após o grupo de telecomunicações lançar uma operação de aumento de capital com dívidas e ações em condições piores do que o esperado para financiar a compra da Cablevision.

O setor de tecnologia marcou a segunda maior com 1,4 por cento. A ASML e a Dialog lideraram a pressão após informação no site de tecnologia DigiTimes segundo a qual as produtoras de chips do iPhone estavam preocupadas que a Apple reduziria as encomendas para o quarto trimestre.   Continuação...