Gol e Azul devem começar a vender passagens para Cuba a partir de dezembro

sexta-feira, 2 de outubro de 2015 17:28 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Duas companhias aéreas brasileiras, a Gol e a Azul, devem começar a vender passagens para Cuba a partir de dezembro deste ano, reforçando conexões do Brasil com a ilha caribenha após sua reaproximação com os Estados Unidos.

A Gol tem previsão de lançar em dezembro voo para Havana saindo de Guarulhos (SP), depois de ter recebido três frequências aéreas semanais da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) em abril.

A empresa está definindo com as autoridades cubanas os horários em que realizará os voos para que possa solicitar as autorizações finais em Cuba e no Brasil. Além disso, ainda não bateu o martelo se o voo será direto ou com escala. Na região caribenha, a companhia já voa para Barbados, Punta Cana, Tobago e Aruba.

A Azul, por sua vez, anunciou nesta semana acordo interline com a norte-americana JetBlue, também fundada pelo empresário David Neeleman, pelo qual poderá vender passagens da companhia parceira.

A JetBlue adicionará um segundo voo fretado a partir do aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, com destino a Havana, expandindo o serviço antes de uma aguardada abertura de voos comerciais entre os dois países.

O novo voo de ida e volta sem escalas da JetBlue vai operar toda terça-feira, a partir de 1º de dezembro, em parceria com a Cuba Travel Services.

"A Azul poderá comercializar passagens para Cuba no momento em que a JetBlue abrir a venda, uma vez que todos os destinos deles entram no nosso sistema, inclusive os futuros", informou a companhia aérea brasileira, que pretende lançar voo para Nova York no início de 2016.

A United Airlines, que adquiriu fatia da Azul neste ano e com quem a brasileira firmou acordo de compartilhamento de voos, também manifestou interesse em manter um serviço entre os Estados Unidos e Cuba em meio à reaproximação entre os dois países.

Gol e Azul devem reforçar a concorrência com a TAM no Caribe. A companhia aérea do grupo Latam Airlines já vende passagens para Havana em voos da parceira chilena LAN.   Continuação...