Wall Street fecha em alta em dia de forte reviravolta

sexta-feira, 2 de outubro de 2015 18:20 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos subiram mais de 1 por cento nesta sexta-feira, conforme as preocupações sobre a economia após dados desapontadores do mercado de trabalho abriram espaço para um forte rali em ações de energia e de matérias-primas.

O índice Dow Jones subiu 1,23 por cento, a 16.472 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,43 por cento, a 1.951 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,74 por cento, a 4.707 pontos.

Os três principais índices se recuperaram de quedas superiores a 1,5 por cento, conforme dados fracos do mercado de trabalho apontaram para a fraqueza da economia, fortalecendo a expectativa de que a tão esperada alta de juro nos EUA deve ser adiada.

O setor de energia do S&P 500, que vinha sofrendo recentemente, avançou 4,01 por cento, acompanhando a alta nos preços de petróleo, enquanto o índice de ações de empresas de matérias-primas subiu 2,41 por cento.

"O destaque desse dado decepcionante do mercado de trabalho é que possivelmente ele pode empurrar a alta de juro para o primeiro trimestre de 2016", disse o presidente-executivo da Longbow Asset Management, Jake Dollarhide.

O setor privado norte-americano, excluindo o agrícola, criou 142 mil postos de trabalho no mês passado, abaixo da expectativa de economistas, de 203 mil. Os dados de agosto e julho foram revisados para baixo, mas a taxa de desemprego permaneceu em 5,1 por cento.

Na semana, o Dow Jones e o S&P 500 subiram 1 por cento cada, enquanto o Nasdaq avançou 0,5 por cento.