Air France planeja cortar empregos e cancelar pedido à Boeing, dizem fontes

segunda-feira, 5 de outubro de 2015 08:59 BRT
 

PARIS (Reuters) - A Air France confirmou em uma reunião com funcionários nesta segunda-feira que planeja cortar 2,9 mil empregos até 2017 e retirar 14 aeronaves de sua frota de longa distância como parte de esforços para reduzir custos, disseram duas fontes sindicais.

A companhia aérea francesa também pretende cancelar seu pedido pelo Boeing 787 Dreamliner, disseram as fontes. Sua controladora Air France-KLM tem 19 jatos 787-9 e seis 787-10 encomendados.

A Air France planeja cortar 1,7 mil funcionários da equipe em terra, 900 funcionários de cabine e 300 pilotos, disseram as fontes.

A companhia com a segunda maior malha aérea da Europa está buscando se adequar à competição de concorrentes de baixo custo na Europa e de longa distância no Oriente Médio, e mantém negociações com seu principal sindicato de pilotos sobre seus planos.

(Por Cyril Altmeyer)