Bovespa sobe e tem maior série de altas desde 2014 com exterior e trégua local

segunda-feira, 5 de outubro de 2015 17:50 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou com o seu principal índice em alta nesta segunda-feira pelo quinto pregão seguido, na maior sequência de ganhos desde agosto de 2014, beneficiada pelo quadro externo favorável e trégua no conturbado quadro político doméstico.

O Ibovespa subiu 1,2 por cento, a 47.598 pontos. O ganho acumulado nos últimos cinco pregões alcançou 8,28 por cento.

O giro financeiro do pregão totalizou 5,7 bilhões de reais.

"O aumento da possibilidade de o Federal Reserve não subir juros neste ano tem impulsionado os ativos de risco, como as bolsas no mundo por exemplo", disse o gestor Joaquim Kokudai, da JPP Capital.

"Ao mesmo tempo, no front local, a reforma ministerial, anunciada na sexta-feira, foi bem recebida pelo mercado, que viu uma diminuição nas tensões políticas que tem trazido muita volatilidade aos ativos brasileiros", acrescentou.

Em Wall Street, o índice S&P 500 subiu 1,83 por cento, pela quinta sessão pela primeira vez este ano, com a alta do petróleo impulsionando ações de energia e apostas de que o banco central norte-americano adiará a alta dos juros até 2016.

Ao mesmo tempo, o feriado na China esta semana corrobora o que alguns agentes classificaram como "rali de alívio" em commodities e mercados emergentes.

Em relação à reforma ministerial, a presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira, durante a posse dos ministros anunciados na última semana, que as mudanças buscam o equilíbrio nas contas e na coalizão do governo.   Continuação...