Bolsas nos EUA sobem e S&P 500 atinge máxima em três semanas após alta em ações de saúde

quarta-feira, 7 de outubro de 2015 18:42 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em alta nesta quarta-feira, após uma sessão volátil, guiados por uma recuperação nas empresas de biotecnologia que impulsionaram o S&P 500 para seu maior patamar em três semanas.

O índice Dow Jones subiu 0,73 por cento, a 16.912 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,8 por cento, a 1.995 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,9 por cento, a 4.791 pontos.

Ações de empresas de matérias-primas também subiram, impulsionadas por ganhos nos preços do ouro e da prata.

O foco dos investidores está lentamente se voltando para os resultados corporativos e a Yum! Brands foi a maior influência negativa no S&P 500, com queda de 18,83 por cento, depois de informar vendas fracas por causa da China, que responde por mais da metade da sua receita.

O índice do setor de saúde do S&P 500 subiu 1,47 por cento e teve o melhor desempenho entre os índices setoriais. Uma baixa nas ações de saúde e biotecnologia pesou no mercado na véspera.

"Nos dias em que os investidores estão procurando por barganhas, o setor de saúde ajuda a fechar a equação", disse o estrategista-chefe para mercados da Wunderlich Securities, Art Hogan. "O que foi um peso nos últimos dias agora lidera."

O índice de matérias-primas subiu 1,34 por cento e o de energia avançou 1,33 por cento, mesmo após o petróleo nos EUA cair 1,5 por cento.