Adams diz que "jogo não acabou" após decisão do TCU e que governo vai recorrer ao STF

quarta-feira, 7 de outubro de 2015 20:30 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, afirmou nesta quarta-feira que o "jogo não acabou", após o TCU recomendar a rejeição das contas do governo da presidente Dilma Rousseff de 2014.

Ao término do julgamento no Tribunal de Contas da União (TCU), ao ser questionado por jornalistas se o governo recorrerá da decisão no Supremo Tribunal Federal (STF), Adams respondeu que "sempre" é possível recorrer ao STF".

(Por Marcela Ayres)