Índice europeu de ações tem melhor semana desde janeiro e alcança nível mais alto em um mês

sexta-feira, 9 de outubro de 2015 14:37 BRT
 

Por Danilo Masoni e Atul Prakash

MILÃO/LONDRES (Reuters) - O índice das principais ações europeias subiu para a máxima em um mês nesta sexta-feira, após registrar maior ganho semanal desde janeiro, com os papéis de mineradoras avançando e com as crescentes esperanças de que os juros permanecerão baixos por mais tempo.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve alta de 0,36 por cento, a 1.432 pontos, acumulando alta de 4,4 por cento na semana, e com os investidores - tranquilizados por preços das commodities mais estáveis - comprando ações apesar da sequência de dados econômicos fracos.

O banco central britânico não mostrou sinal algum na quinta-feira de que está próximo de aumentar a taxa de juros, enquanto a ata da última reunião do Federal Reserve mostrou que banco central dos Estados Unidos decidiu esperar por evidências de que a desaceleração global não vai afetar a recuperação norte-americana.

"Os mercados parecem ter voltado ao modo de medidas de estímulo, onde más notícias são interpretadas positivamente com as expectativas crescendo de que os bancos centrais podem ser induzidos a afrouxar ainda mais a política monetária", disse o analista de estrutura de capital do JCI Capital Emanuele Rigamonti.

As ações da trader e mineradora Glencore subiram 7 por cento, a terceira maior alta na Europa, com o preço do zinco subindo mais de 10 por cento após a companhia anunciar que vai cortar sua produção anual do metal em um terço.

O índice STOXX Europe 600 de recursos básicos avançou 3,7 por cento, levando ao maior ganho semanal desde 2009. Os preços dos principais metais industriais subiram mais de 3 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,65 por cento, a 6.416 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,04 por cento, a 10.096 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,54 por cento, a 4.701 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,46 por cento, a 22.257 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,26 por cento, a 10.309 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,42 por cento, a 5.518 pontos.