Glencore pretende vender minas de cobre na Austrália e Chile

segunda-feira, 12 de outubro de 2015 12:09 BRT
 

Por Olivia Kumwenda-Mtambo e Sonali Paul

LONDRES/MELBOURNE (Reuters) - A Glencore planeja vender minas de cobre na Austrália e no Chile no momento em que a gigante de commodities e mineração planeja reduzir sua dívida.

A venda de ativos é um elemento de um plano maior de cortar cerca de um terço da dívida líquida de 30 bilhões de dólares da Glencore e retomar a confiança de investidores depois que suas ações tiveram baixa recorde este ano em meio aos fracos preços globais das commodities.

A Glencore disse que iria vender sua minas de cobre Cobar, na Austrália, e Lomas Bayas, no Chile, depois de ter recebido interesse de potenciais compradores.

A Cobar produz cerca de 50 mil toneladas de cobre concentrado, enquanto a produção anual de Lomas Bayas é de cerca de 75 mil toneladas de catodo de cobre.

A Glencore também se comprometeu a reduzir despesas de capital, suspender o pagamento de dividendos e levantar 2,5 bilhões de dólares em novas ações, com a emissão concluída no mês passado.

A Glencore se negou a dizer quem se aproximou com interesse nas minas de cobre.