Pregões na Europa começam semana com leve queda após rali

segunda-feira, 12 de outubro de 2015 14:16 BRT
 

MILÃO (Reuters) - As principais bolsas da Europa encerraram a segunda-feira em leve queda, após atingirem máximas em um mês no rali da semana passada, com ações do setor aeroespacial civil liderando as perdas e papéis de serviços de utilidade pública avançando em meio a preocupações com alívio nos custos nucleares.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que reúne as principais ações europeias, caiu 0,17 por cento, enquanto o Euro STOXX 50 .STOXX50E, que agrupa as blue chips da zona do euro, cedeu 0,09 por cento. Os dois índices acumulam alta superior a 4 por cento este mês.

Operadores afirmaram não ser surpresa que alguns investidores estivessem realizando lucros após os ganhos da última semana, enquanto os mercados no Japão ficaram fechados por feriado e os Estados Unidos estavam celebrando um feriado.

O analista-chefe de mercado da ActivTrades, Carlo Alberto De Casa, disse que investidores aguardam dados da balança comercial da China, mas principalmente indicadores econômicos dos Estados Unidos mais no final da semana, por mais indicações de que quando o Federal Reserve irá elevar os juros.

E.ON (EONGn.DE: Cotações) e RWE (RWEG.DE: Cotações) valorizaram-se após o governo alemão concluir que tinham previsto dinheiro suficiente para encerrar as suas instalações nucleares.

Rolls-Royce (RR.L: Cotações), por sua vez, caiu 3,9 por cento e Safran (SAF.PA: Cotações) recuou 5,1 por cento, afetadas pelo noticiário do fim de semana citando investigações de órgão regulador europeu no mercado de manutenção de aeronaves.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 fechou em queda de 0,17 por cento, a 1.430 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE recuou 0,70 por cento, a 6.371 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,23 por cento, a 10.119 pontos.   Continuação...