Datagro eleva estimativa de déficit global de açúcar para 2,57 mi t

quarta-feira, 14 de outubro de 2015 17:30 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O déficit global de açúcar para a temporada 2015/16 está estimado em 2,57 milhões de toneladas, uma alta ante a projeção de setembro de 2,36 milhões de toneladas, disse a consultoria brasileira de açúcar e etanol Datagro nesta quarta-feira.

A Datagro disse que a produção mais baixa na China, na Índia e na União Europeia mais do que ofuscará os aumentos esperados para a Rússia e a Austrália, elevando ligeiramente o primeiro déficit global de açúcar em cinco anos.

O diretor da Datagro, Plinio Nastari, disse que chuvas abaixo do normal continuam a afetar as expectativas para a produção de açúcar indiana na safra 2015/16, que começa em outubro.

Ele reduziu sua estimativa para a produção de açúcar da Índia (equivalente a açúcar branco) para 26,8 milhões de toneladas ante 27 milhões de toneladas anteriormente.

"Mas o país ainda tem um estoque considerável de cerca de 10 milhões de toneladas", disse.

A China aumentará as importações de açúcar para 5 milhões de toneladas em 2015/16 após importar 4,1 milhões em 2014/15, de acordo com Nastari. A produção chinesa é vista caindo para 9,8 milhões de toneladas ante 10,8 milhões na temporada anterior.

Para o centro-sul do Brasil, Nastari manteve as projeções inalteradas em relação a agosto, para um total de moagem de cana de 604,6 milhões de toneladas.

A produção de açúcar bruto do centro-sul ainda é estimada em 31,4 milhões toneladas e a produção de etanol em 28,18 bilhões de litros.

Contudo, Nastari espera que 25 milhões de toneladas de cana seja deixada nos canaviais no final da atual safra em novembro, por causa da capacidade de processamento limitada nas usinas e atrasos na moagem causados pelas chuvas.

Algumas usinas irão ignorar o fim do período de colheita e continuarão a moagem no período de entressafra, operando em janeiro e fevereiro, disse ele.

(Por Marcelo Teixeira)