Bolsas nos EUA caem após Wal-Mart apresentar projeção fraca de lucro e pressionar varejistas

quarta-feira, 14 de outubro de 2015 18:12 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta quarta-feira puxados pela forte queda das ações do Wal-Mart, após a empresa apresentar uma projeção fraca de lucro, arrastando outros varejistas, e com os papéis do JPMorgan caindo após resultado decepcionante.

O índice Dow Jones caiu 0,92 por cento, a 16.924 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,47 por cento, a 1.994 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,29 por cento, a 4.782 pontos.

As notícias ampliaram as preocupações sobre a perspectiva para os resultados corporativos nos EUA, com a projeção de que o lucro das empresas do S&P 500 tenha caído mais de 4 por cento na comparação com um ano antes, segundo dados da Thomson Reuters.

As ações do Wal-Mart caíram 10 por cento, a 60,03 dólares, na maior queda percentual diária em anos e com o maior número de transações desde janeiro de 2009, após a empresa projetar uma queda de até 12 por cento no lucro por ação no ano fiscal 2017. A queda da sessão reduziu em mais de 20 bilhões de dólares o valor de mercado da varejista e foi uma das principais influências para o recuo do Dow Jones e do S&P 500.

Também pressionando as ações de empresas varejistas, dados mostraram nesta quarta-feira que as vendas no varejo nos EUA subiram apenas levemente em setembro.

As ações do JPMorgan caíram 2,5 por cento, a 59,99 dólares, após o banco divulgar, na véspera, resultado decepcionando do terceiro trimestre.

"Nas próximas três semanas da temporada de balanços nós vamos ter alguma orientação não apenas sobre os resultados do terceiro trimestre, mas orientação para o quarto trimestre e para o próximo ano", disse o estrategista para investimento e economista da LPL Financial John Canally.

((Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7727)) REUTERS FB RBS