Petrobras reduz quase pela metade número de funcionários na comunicação

quarta-feira, 14 de outubro de 2015 20:23 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras informou nesta quarta-feira que planeja cortar, ao longo dos próximos seis meses, quase pela metade o número de vagas de funcionários que atuam na área de comunicação da empresa.

A companhia deverá ficar com 635 empregados na comunicação, ante 1.146 antes dos cortes, além de reduzir em 30 por cento os gastos referentes ao corpo gerencial da área.

Os cortes fazem parte do programa de reestruturação da empresa, que busca reduzir investimentos e gastos operacionais.

Em nota, a companhia explicou que o número de cortes será possível devido à diminuição no volume de serviços contratados. Também leva em conta profissionais contratados que passarão a atuar fora das instalações da empresa, além de empregados próprios que se aposentaram ou que migraram para outras áreas.

"Dentro do processo de reestruturação da atividade de comunicação, serão reduzidos em 30 por cento os gastos referentes ao corpo gerencial, com gerências que deixarão de existir ou que mudarão de status", afirmou a empresa na nota.

Segundo a Petrobras, o número de gerências "de primeira linha" passará de 37 para 6 e o número de "gerências setoriais" cairá de 24 para 22. A empresa disse que a reestruturação teve como premissas principais a centralização das atividades, melhoria dos processos e otimização de recursos. 

O novo modelo da comunicação, segundo a empresa, foi aprovado pela diretoria executiva e está previsto para entrar em vigor a partir de 1º de novembro.

(Por Marta Nogueira)