UnitedHealth tem lucro acima do esperado com custos estáveis

quinta-feira, 15 de outubro de 2015 10:22 BRT
 

(Reuters) - A operadora norte-americana de planos de saúde UnitedHealth, dona da Amil no Brasil, teve lucro melhor que o esperado no terceiro trimestre, ajudada por custos médicos estáveis em seus planos de saúde e receitas maiores de seu negócio de farmácias Optum.

A companhia disse que a tendência de seus custos médicos era esperada, uma indicação de que o uso de serviços por pacientes não está crescendo de forma abrupta. O percentual de prêmios pagos por serviços médicos caiu 80 pontos-base ante o segundo trimestre.

A taxas de perdas médicas subiram na comparação anual em 90 pontos-base para 80,6 por cento devido a maiores gastos em alguns de seus planos Medicare Advantage para idosos e incapacitados. O governo dos Estados Unidos estabeleceu medidas mais rigorosas de qualidade para esses planos e as seguradoras estão investindo para se manterem competitivas.

Uma migração para negócios governamentais, nos quais os custos com pacientes tendem a ser maiores comparados a seguros para empregados, também contribuiu para o declínio da taxa na comparação anual, disse a companhia.

Os custos para planos vendidos por meio de corretoras públicas criadas na reforma de saúde do presidente Barack Obama pressionaram as margens operacionais da empresa, disse a companhia. A UnitedHealth vendeu planos individuais em cerca de duas dezenas de Estados em 2015 depois de ter vendido para poucos Estados em 2014.

A analista da Leerink Partners Ana Gupte disse em nota a clientes que o trimestre veio acima das expectativas. "O trimestre não levanta nenhuma bandeira vermelha, e aponta para um 2016 sólido", disse Gupte.