Braskem diz que incêndio em unidade em SP foi controlado e produção paralisada

quinta-feira, 15 de outubro de 2015 11:45 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A petroquímica Braskem informou nesta quinta-feira que o incêndio que atingiu sua unidade industrial localizada no Polo Petroquímico de Capuava, em Mauá, na região metropolitana de São Paulo, na véspera foi controlado e que a produção no local foi paralisada.

Seis trabalhadores que estavam próximos do local foram encaminhados para atendimento médico após terem sofrido ferimentos sem gravidade. O incêndio ocorreu por volta das 16h30 de quarta-feira, atingindo uma das áreas de produção da unidade de petroquímicos básicos.

"O incidente foi controlado, a produção foi preventivamente paralisada e todos os procedimentos de segurança foram adotados", disse a petroquímica em comunicado nesta quinta.

A Braskem informou por meio de sua assessoria de imprensa que ainda investiga as causas do incidente e não tem no momento uma previsão de retomada do funcionamento da unidade, com capacidade de fabricar 700 mil toneladas por ano de produtos como eteno, benzeno, cumeno, propeno e resíduo aromático.

O polo de Capuava é o mais antigo do país, onde a Braskem opera uma central petroquímica (cracker) e produz petroquímicos básicos, polietileno, polipropileno e especialidades químicas.

As ações da petroquímica operavam com variação positiva de 0,16 por cento, a 18,9 reais, às 11h43 no horário de Brasília, diante de alta de 0,55 por cento do Ibovespa.

(Por Priscila Jordão)