Starbucks está em negociações para levar marca à Itália, diz fonte

quinta-feira, 15 de outubro de 2015 17:55 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A Starbucks, maior rede de cafeterias do mundo, está em negociações com um parceiro italiano para abrir unidades na Itália, um dos poucos grandes mercados onde ainda não adentrou, disse uma fonte familiar ao assunto nesta terça-feira.

O jornal Corriere della Sera disse que a empresa norte-americana estava negociação com o empresário italiano Antonio Percassi para trazer a marca Starbucks para a Itália. O jornal disse que um acordo deveria ser assinado até o Natal.

Uma fonte confirmou à Reuters que as conversas estão progredindo.

Questionada sobre a reportagem, o porta-voz da Starbucks, Corey duBrowa, disse: "rumores e especulação somente. Não temos nada a dizer sobre isso".

O grupo Percassi tem sede em Bergamo, perto de Milão, e possui a cadeia de cosméticos Kiko, que tem mais de 700 lojas na Europa e nos Estados Unidos. Também possui um acordo de franquias na Itália com a rede de lojas de lingeries norte-americana Victoria's Secret.

(Por Valentina Za e Lisa Baertlein)