Prumo Logística desiste de contratos definitivos com Bolognesi para projetos de gás em porto

sexta-feira, 16 de outubro de 2015 07:40 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Prumo Logística informou na noite de quinta-feira que decidiu não prosseguir com a celebração de contratos definitivos previstos em memorando de entendimentos com a Bolognesi Energia para o desenvolvimento de projetos de gás natural no Porto do Açu, incluindo uma termelétrica.

A companhia havia divulgado em abril que assinara memorando de entendimentos com a Bolognesi para avaliar oportunidades de investimento em projetos de gás natural, desenvolvidos em um "hub" de gás no porto, que serviria para importação de GNL e como apoio à produção doméstica nas Bacias de Santos e Campos.

O memorando previa a construção de uma termelétrica a gás e a instalação de uma unidade regaseificadora flutuante de GNL. Além disso, estava previsto que a Bolognesi alugaria área de até 400 mil metros quadrados no Porto do Açu por 25 anos com opção de renovação por mais 25 anos.

Apesar de ter decidido não celebrar os contratos definitivos com a Bolognesi, a Prumo disse em comunicado na quinta-feira que continua avançando com os estudos e negociações relacionados ao hub de gás do Açu, "especialmente em razão das vantagens competitivas do Porto do Açu decorrentes de sua localização e de sua infraestrutura já existente".

(Por Priscila Jordão)