Premiê do Japão pressiona empresas para ampliar investimento e reanimar economia

sexta-feira, 16 de outubro de 2015 09:58 BRT
 

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - O governo do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, pediu nesta sexta-feira às empresas do país que ajudem a reanimar a economia usando suas grandes reservas de dinheiro para impulsionar os gastos de capital.

O pedido foi feito durante a primeira rodada de conversas entre ministros e líderes empresariais sobre expandir os investimentos empresariais, em uma demonstração da pressão governamental sobre as empresas para aumentar o investimento necessário para gerar um ciclo virtuoso de crescimento.

O movimento acompanha a intervenção de Abe nas conversas entre empregados e gerência para pressionar as empresas a elevarem os salários, em um momento em que a receita de agressivos estímulos monetários e estratégias de gastos e crescimento parecem estar perdendo impulso.

"Os lucros corporativos aumentaram para máximas recordes, mas o crescimento do investimento não tem sido o suficiente", disse Abe na reunião.

"Agora é o momento para as companhias investirem agressivamente em instalações, tecnologia e talentos. Os ciclos da indústria hoje mostram uma postura positiva para expandir o investimento", completou.