Índice europeu de ações fecha na máxima de 5 semanas, amparado por Carrefour

sexta-feira, 16 de outubro de 2015 14:26 BRT
 

Por Danilo Masoni e Atul Prakash

MILÃO/LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou esta sexta-feira no nível mais alto em cinco semanas, ajudado por expectativas de que a política monetária continuará expansionista, liderado pelo avanço do papel do Carrefour, após a varejista francesa divulgar bons resultados trimestrais.

O índice FTSEurofirst 300 fechou com alta de 0,71 por cento, a 1.435 pontos, terminando uma semana marcada por volatilidade com leve ganho.

O avanço foi puxado pelos ganhos em Wall Street e nas bolsas asiáticas, com uma rodada de indicadores econômicos atenuando preocupações com o ritmo da recuperação nos Estados Unidos.

"Os principais índices europeus estão em níveis atraentes, tendo como base a razão entre os lucros e os preços das ações, sem qualquer choque no ápice da temporada de resultados nos EUA. Parece que os investidores encontraram um ponto de entrada após a turbulência de agosto e setembro", disse o diretor administrativo do B Capital Wealth Management, Lorne Baring.

"As condições monetárias expansionistas claramente vão continuar por algum tempo e isso também impulsiona a confiança, neste momento. Esperamos mais ganhos, na sequência de um momento difícil para os investidores globais", completou.

A ação do Carrefour teve alta de 6,6 por cento após a maior varejista europeia divulgar nesta sexta-feira que suas vendas aceleraram no terceiro trimestre. Isso reflete uma performance melhor no sul do continente e a resiliência no Brasil, apesar da desaceleração econômica.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,62 por cento, a 6.378 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,39 por cento, a 10.104 pontos.   Continuação...