Brasil pede painel na OMC por restrições da Indonésia à exportação de frango

sexta-feira, 16 de outubro de 2015 21:54 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governo brasileiro pediu à Organização Mundial do Comércio (OMC) a abertura de um painel para analisar as restrições impostas pela Indonésia às suas exportações de carne e produtos de frango, afirmou o Ministério das Relações Exteriores brasileiro nesta sexta-feira em comunicado.

A expectativa do Brasil, maior exportador de frango do mundo, é de que o contencioso permita eliminar os entraves que impedem a exportação dos produtos à Indonésia, que tem mantido seu mercado, com potencial de pelo menos 70 milhões de dólares, fechado às exportações brasileiras, segundo o Itamaraty.

Entre os principais exportadores brasileiros estão BRF e JBS.

"O Brasil segue os mais rigorosos padrões sanitários em toda a sua cadeia produtiva, e a produção brasileira é reconhecida internacionalmente por sua sanidade e qualidade", afirmou o comunicado.

O governo brasileiro, em coordenação com o setor privado, tem tentado desde 2009 negociar com a Indonésia, mas até o momento não houve indicação de uma solução do impasse, de acordo com o comunicado da chancelaria.

"Diante desse quadro, o Brasil solicitou consultas à Indonésia no âmbito do mecanismo de solução de controvérsias, as quais tampouco permitiram equacionar as dificuldades de acesso ao mercado daquele país."

O pedido do Brasil ao Órgão de Solução de Controvérsias da OMC será examinado em 28 de outubro, afirmou o Itamaraty, acrescentando que as autoridades indonésias já foram informadas sobre a iniciativa.

(Por Bruno Marfinati)