Crescimento econômico da China no 3º tri desacelera para 6,9%, mas supera expectativas

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 07:11 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - O crescimento econômico da China desacelerou para 6,9 por cento no terceiro trimestre ante o ano anterior, e apesar de ter superado as expectativas foi a expansão mais lenta desde a crise financeira global, colocando pressão sobre as autoridades para adotarem mais medidas de suporte.

Analistas consultados pela Reuters esperavam que o Produto Interno Bruto (PIB) da segunda maior economia do mundo tivesse crescido 6,8 por cento, ante 7 por cento no trimestre anterior.

Na comparação trimestral, o crescimento foi de 1,8 por cento, informou a Agência Nacional de Estatísticas nesta segunda-feira.

O crescimento do investimento em ativo fixo desacelerou para 10,3 por cento no período entre janeiro e setembro sobre o mesmo período do ano anterior, abaixo da expectativa de 10,8 por cento e ante 10,9 por cento no mês anterior.

A expansão da produção industrial também desacelerou mais do que o esperado para 5,7 por cento, contra expectativa de analistas de 6 por cento na comparação anual após avanço de 6,1 por cento no mês anterior.

As vendas no varejo aceleraram para 10,9 por cento, contra expectativa de 10,8 por cento e alta de 10,8 por cento no mês anterior.