Comida para bebês impulsiona vendas globais da Danone no 3o trimestre

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 09:22 BRST
 

PARIS (Reuters) - O grupo francês de alimentos Danone disse nesta segunda-feira que esta a caminho de atingir meta do ano, apesar do ainda difícil clima econômico global e de vendas mais fracas na China, onde a empresa começou a reduzir estoques.

A maior fabricante de iogurte do mundo publicou um aumento maior que o esperado, de 4,6 por cento, nas vendas do terceiro trimestre, impulsionadas pela forte venda de comida para bebê e melhora nas vendas da divisão de laticínios.

A Danone, que compete globalmente com a Nestlé e a Unilever, tem tido dificuldades para retomar posição na China depois de uma fórmula infantil ter passado por um recall na Ásia em 2013.

A empresa também recebe 60 por cento de suas receitas de produtos lácteos, um setor atingido pelo menor gasto do conumidor na Europa, afetada por programas de austeridade fiscal.

As vendas do terceiro trimestre subiram para 5,64 bilhões de euros (6,4 bilhões de dólares), com crescimento sob mesmas bases de 4,6 por cento contra 4,5 por cento no segundo trimestre. As vendas de comida para bebês subiram 10,9 por cento em mesmas bases no trimestre, impulsionadas por exportações da Europa para a China.

O desempenho superou a expectativa média de analistas de crescimento de 4,3 por cento nas vendas totais e de 7,4 por cento nas vendas de comida para bebês.