Farmacêuticas e Deutsche Bank impulsionam ações europeias

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 15:09 BRST
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta segunda-feira, impulsionadas por ganhos do Deutsche Bank e de papéis de farmacêuticas, embora fracos dados chineses tenham afetado as commodities.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,21 por cento, a 1.438 pontos, enquanto o índice de blue chips Euro STOXX 50 teve avanço de 0,22 por cento.

O alemão DAX teve performance superior, com ganhos de quase 0,6 por cento, ajudado pelo ganho de 3,7 por cento na ação do Deutsche Bank depois que investidores receberam bem o plano do diretor-executivo John Cryan de restruturação do banco alemão.

Os ganhos nas empresas farmacêuticas como Novo Nordisk e Shire também impulsionaram as ações europeias, com a Novo Nordisk avançando 2,5 por cento.

Ainda assim os índices europeus terminaram o dia abaixo das máximas da sessão devido à queda nas ações de empresas ligadas a commodities, com os resultados fracos do Morgan Stanley também impactando o mercado.

Dados fracos da China, segunda maior economia do mundo, ainda pressionaram as ações de mineração e de petróleo.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,40 por cento, a 6.352 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,59 por cento, a 10.164 pontos.   Continuação...