MRV tem lançamentos maiores no 3º tri, mas vendas recuam

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 19:10 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os lançamentos da construtora e incorporadora MRV subiram 13 por cento no terceiro trimestre na comparação anual, mas as vendas caíram quase 11 por cento na mesma comparação, em meio a um ambiente de maior restrição de crédito pelos bancos.

Segundo o copresidente da companhia Eduardo Fischer, como a maior parte dos lançamentos feita no fim do trimestre, há um impacto maior nas vendas neste mês.

A maior restrição de crédito pelos bancos contribuiu para um índice menor de vendas sobre oferta (VSO) no terceiro trimestre, a 21 por cento. No terceiro trimestre de 2014 este número tinha sido de 26 por cento.

Segundo Fischer, considerando o cenário econômico atual é natural que os bancos ajam desta forma.

"Às vezes as instituições financeiras acabam não concedendo crédito para quem está apto", disse ele à Reuters, explicando que o objetivo pode ser o de proteger todo o sistema.

As vendas entre julho e setembro somaram 1,308 bilhão de reais, queda de 10,9 por cento ano a ano, enquanto no acumulado do ano o recuo foi de 9,2 por cento.

Já os lançamentos cresceram 13,1 por cento na comparação com 2014, chegando a 1,045 bilhão de reais. Nos nove meses do ano até setembro houve queda de 1,9 por cento.

Para Fischer, mesmo com a queda o número pode ser considerado positivo, se comparado com a média do mercado.

A Direcional, concorrente menor da MRV, teve lançamentos de 36 milhões de reais no terceiro trimestre, queda de 50 por cento sobre um ano antes. No entanto, as vendas no mesmo período subiram 47 por cento, a 93 milhões de reais.   Continuação...