Área de soja 2015/16 na Argentina é estimada em 19,8 mi hectares

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 19:29 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A área cultivada com soja na temporada 2015/16 na Argentina deve ser de 19,8 milhões de hectares, o que representa uma redução de 1 por cento ante os 20 milhões de hectares da temporada anterior, devido a uma queda nas margens de lucro na colheita, disse nesta segunda-feira a Bolsa de Cereais de Buenos Aires em seu relatório sobre a oleaginosa.

A soja é o principal cultivo da Argentina -- principal exportador mundial de óleo e farelo de soja -- e os produtores se preparam para começar com o cultivo nos últimos dias do mês.

Segundo a Bolsa de Cereais, a produção necessária para cobrir os custos de cultivo está acima da média histórica na maior parte da área agrícola do país.

"Isso torna-se mais importantes nas regiões mais distantes dos portos, onde o elevado custo de frete em combinação com ambientes de menor potencial produtivo frente às regiões centrais incrementam o risco enfrentado na nova temporada", adicionou a entidade.

Mesmo assim, a presença do fenômeno climático El Niño garantiria a presença de chuvas para as plantas durante os períodos de crescimento e desenvolvimento, ainda que exista o risco de excesso de água em algumas regiões de cultivo, segundo o relatório.

Por outro lado, a bolsa também prevê uma queda na área semeada com milho argentino de uso comercial em 2015/16, a 2,7 milhões de hectares ante os 3,4 milhões da safra anterior, pelas limitadas margens de lucro do cultivo.

(Por Maximiliano Rizzi e Maximilian Heath)