Latam ajusta rotas no Brasil e planeja conexão com África

segunda-feira, 19 de outubro de 2015 19:52 BRST
 

SANTIAGO (Reuters) - A Latam Airlines disse nesta segunda-feira que ajustará seus voos do Brasil diante do cenário complexo do país, enquanto incorporará novas rotas em algumas de suas filiais, com uma conexão potencial com a África.

A companhia, que inclui as operações da chilena LAN e da brasileira TAM, enfrenta atualmente um panorama sombrio devido à contração econômica do Brasil, seu principal mercado, o que tem sido compensado parcialmente por um melhor desempenho de suas outras unidades na América do Sul.

Numa tentativa de alcançar mais eficiência, a Latam disse que cancelará a partir de março de 2016 a rota Belo Horizonte-Miami e elevará frequências entre Brasília e Orlando.

O voo entre São Paulo e Orlando reduzirá suas frequências, assim como a rota entre Manaus e Miami, mas a empresa duplicará os trajetos entre Fortaleza e Orlando.

Para diversificar suas operações do Brasil, a companhia informou que abrirá novas rotas a partir do próximo ano entre São Paulo e as cidades de Bogotá, Barcelona e Milão via LAN a partir de Santiago.

A Latam, que tem sede em Santiago e operações na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, planeja incorporar seis novas rotas entre o último trimestre e o final de 2016.

Os novos voos incluem um serviço direto de São Paulo a Joanesburgo, com o qual a Latam se transformaria no primeiro grupo da região a estabelecer uma conexão direta com a África, o que ainda aguarda autorização.

(Por Antonio de la Jara)