Vitol acredita que preço do petróleo dificilmente ultrapassará US$60 por barril em 2016

terça-feira, 20 de outubro de 2015 15:19 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A Vitol, maior trader de petróleo do mundo, acredita que o preço do petróleo encontrará dificuldades para ser negociado acima de 60 dólares por barril no próximo ano, com os efeitos do lento crescimento da demanda global sendo agravado pelo retorno do petróleo iraniano e mesmo da Líbia.

O preço do petróleo caiu pela metade ao longo dos últimos 12 meses, principalmente como resultado de níveis de produção sem precedentes de alguns dos maiores países exportadores, mas também conforme a demanda da China e de outros consumidores de commodities, como Brasil e Rússia, diminuindo.

Ian Taylor, presidente-executivo da Vitol, disse que sua empresa estima que o crescimento da demanda global de petróleo em 2016 atinja cerca de 1,35 milhão de barris por dia (bpd), desacelerando ante o forte crescimento esperado para este ano de 1,7 milhão de bpd.

"Conseguiremos 1,7 milhão de bpd em 2016? Não. Eu não acredito nisto e é uma das minhas preocupações. Se nós conseguirmos 1,7 milhão de bpd em 2016, então podemos facilmente obter 60 dólares, mas não acho que iremos", Taylor disse na rodada de entrevistas anual Reuters Commodities Summit.

(Por Ron Bousso e Amanda Cooper; reportagem adicional por Alex Lawler) ((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723)) REUTERS NS RBS