Distribuidora de energia Bandeirante terá alta de 16% na tarifa, decide Aneel

terça-feira, 20 de outubro de 2015 18:37 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A distribuidora de energia elétrica Bandeirante, da EDP Energias do Brasil, terá uma elevação média de 16,1 por cento nas tarifas a partir de 23 de outubro, segundo decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em reunião de diretoria nesta terça-feira, que analisou processo de revisão tarifária da empresa.

O efeito médio para os consumidores residenciais será de alta de cerca de 15 por cento, enquanto os clientes de alta tensão, como as indústrias, terão elevação de 17 por cento, em média.

(Por Luciano Costa)