Wall St fecha em queda com setor de saúde e IBM; United Technologies sobe

terça-feira, 20 de outubro de 2015 19:10 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em leve queda nesta terça-feira, com o recuo nas ações de saúde e biotecnologia ofuscando ganhos da United Technologies e da Verizon.

O índice Dow Jones caiu 0,08 por cento, a 17.217 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,14 por cento, a 2.030 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,5 por cento, a 4.880 pontos.

A queda de 5,7 por cento nas ações da IBM também pesou no mercado. A ação atingiu a mínima intradia em cinco anos de 140,28 dólares, após a empresa divulgar uma queda maior que o esperado na receita trimestral e cortar sua projeção de lucro para o ano.

O índice de saúde do S&P 500 caiu 1,5 por cento, enquanto o índice de biotecnologia do Nasdaq recuou 3,2 por cento. Preocupações sobre preços de medicamentos têm pressionado o setor de biotecnologia e de saúde.

"Você vê uma fraqueza em nomes de ímpeto no geral. Obviamente, os nomes de saúde estão sob pressão novamente, especialmente as empresas farmacêuticas", disse o estrategista-chefe para mercados da JonesTrading, Michael O’Rourke.

Ao mesmo tempo, segundo O’Rourke, investidores parecem estar comprando mais nomes estáveis, como Apple. As ações da empresa subiram 1,8 por cento, a 113,77 dólares.

Entre as empresas cujos resultados superaram as expectativas de analistas, as ações da United Technologies subiram 3,9 por cento, a 95,62 dólares, dando ao Dow Jones seu maior impulso.

Ainda no lado positivo, as ações da Verizon subiram 1,2 por cento, a 45,24 dólares, após a maior provedora de serviço sem fio dos EUA divulgar lucro e receita melhores que o esperado.