CFO da GM diz não ver fim em breve para desafios no Brasil

quarta-feira, 21 de outubro de 2015 10:25 BRST
 

DETROIT (Reuters) - O vice-presidente financeiro da General Motors, Chuck Stevens, disse nesta quarta-feira que os desafios macroeconômicos no Brasil permanecerão no curto prazo, mas que a companhia terá "grande vantagem quando a situação mudar" na maior economia da América do Sul.

As vendas de automóveis da GM até o momento em outubro estão em alta contra um ano antes, disse Stevens a jornalistas após a maior montadora dos Estados Unidos ter divulgado seus resultados financeiros do terceiro trimestre.

Stevens também reafirmou as projeções da GM de que a empresa terá lucro na Europa em 2016. Seria o primeiro lucro da empresa na Europa desde 1999.

(Por Bernie Woodall e Joseph White)