Importação de soja do Brasil pela China cresce 52,3% em setembro

quarta-feira, 21 de outubro de 2015 12:38 BRST
 

(Reuters) - As importações de soja brasileira pela China cresceram 52,3 por cento em setembro ante o mesmo mês de 2014, para 5,1 milhões de toneladas, segundo dados da alfândega chinesa divulgados nesta quarta-feira.

No acumulado do ano, as importações de soja do Brasil pelos chineses aumentaram 15,3 por cento, para 33 milhões de toneladas, após produtores colherem uma safra recorde em 2014/15.

A China é o maior importador global de soja, enquanto o Brasil é o maior exportador da oleaginosa.

Os embarques da Argentina também avançaram bastante em setembro na comparação anual, para 1,62 milhão de toneladas, alta de 65,3 por cento.

Analistas têm ressaltado que a desvalorização do real e do peso argentino ante o dólar tem melhorado a competitividade dos grãos da América do Sul no mercado internacional.

As importações de soja pela China de todos os destinos somaram 7,2 milhões de toneladas em setembro (alta de 44,3 por cento), enquanto no acumulado do ano avançaram 13,1 por cento, para 59,6 milhões de toneladas.

(Por Roberto Samora, em São Paulo)

 
Homem olhando plantação de soja em Barreiras, na Bahia.   27/02/2014  REUTERS/Ueslei Marcelino