REPERCUSSÃO-Copom mantém taxa de juros em 14,25% e altera comunicado

quarta-feira, 21 de outubro de 2015 22:07 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Comitê de Política Monetária do Banco Central manteve nesta quarta-feira a taxa básica de juros em 14,25 por cento ao ano, em decisão unânime e amplamente esperada pelo mercado, mas retirou do comunicado referência sobre a convergência da inflação para a meta no final do próximo ano.

"O Comitê entende que a manutenção desse patamar da taxa básica de juros, por período suficientemente prolongado, é necessária para a convergência da inflação para a meta no horizonte relevante da política monetária", disse Copom em comunicado, acrescentando que "a política monetária se manterá vigilante para a consecução desse objetivo".

Veja a seguir comentários sobre a decisão do Copom:

ALBERTO RAMOS, DIRETOR DE PESQUISA ECONÔMICA PARA AMÉRICA LATINA, GOLDMAN SACHS

"O Copom agora está mirando a convergência para a meta no horizonte relevante da política monetária, o que significa, tradicionalmente, dois anos à frente (por exemplo, 4º trimestre de 2017)."

"Ao mudar a orientação e ampliar o horizonte para alcançar a meta, o Copom reconheceu de forma implícita que levar a inflação de perto de dois dígitos ao final de 2015 à meta de 4,5 por cento até o final de 2016 provavelmente iria exigir outra rodada significativa de alta de juros, algo que o Copom não está inclinado a validar dada a profunda e provavelmente longa recessão e a incerteza macro e política."

  Continuação...