Wall St sobe após resultados corporativos fortes; S&P fecha na máxima de dois meses

quinta-feira, 22 de outubro de 2015 19:06 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos subiram nesta quinta-feira, com o S&P 500 fechando na máxima em dois meses, conforme resultados corporativos mais fortes que o esperado de empresas como McDonald's aliviaram as preocupações de investidores sobre as perspectivas para os lucros.

O índice Dow Jones subiu 1,87 por cento, a 17.489 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,66 por cento, a 2.052 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,65 por cento, a 4.920 pontos.

Ampliando o otimismo da sessão, o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse que a autoridade monetária europeia poderia estender seu programa de estímulos para além de 2016 como forma de impulsionar o crescimento da zona do euro e levar a inflação para perto de 2 por cento.

As ações do McDonald's saltaram 8,1 por cento, a 110,87 dólares, respondendo pelo maior impulso do Dow Jones, após seu resultado trimestral superar as estimativas, conforme a demanda na China se recuperou. As ações do Ebay dispararam 13,9 por cento, para 27,58 dólares, após a empresa divulgar resultados acima das estimativas na quarta-feira.

Os papéis da Dow Chemicals subiram 5,1 por cento, a 49,92 dólares, enquanto o índice de matérias-primas do S&P 500 subiu 2,8 por cento, liderando os ganhos dos índices setoriais, ao lado do industrial, que também subiu 2,8 por cento.

"Os resultados corporativos certamente ajudaram porque a temporada começou de certa forma fraca e tivemos algumas boas surpresas hoje", disse o diretor de investimento da North Star Investment Management Corp., Eric Kuby.