Inflação da zona do euro deve ficar abaixo da meta do BCE até 2017, mostra pesquisa

sexta-feira, 23 de outubro de 2015 09:36 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - A inflação na zona do euro deve ficar pouco acima de zero este ano e não deve atingir a meta do Banco Central Europeu (BCE) nos próximos dois anos, mostrou uma pesquisa do próprio BCE nesta sexta-feira, colocando mais pressão sobre o banco central para afrouxar novamente a política monetária.

A pesquisa trimestral do BCE mostrou que as previsões para a inflação em 2015, 2016 e 2017 foram cortadas entre 0,1 e 0,3 ponto percentual cada comparado com os três meses anteriores, e agora as estimativas agora são de 0,1 por cento, 1 por cento e 1,5 por cento para cada ano, respectivamente.

Os preços ao consumidor nos 19 países da zona do euro caíram 0,1 por cento em setembro. O presidente do BCE, Mario Draghi, deu fortes indícios na quinta-feira de que o banco central pode adotar novas medidas de política monetária já em dezembro para ajudar a elevar a inflação para sua meta de quase 2 por cento.

(Por Francesco Canepa)