BC da China corta taxas de juros pela 6ª vez desde novembro

sexta-feira, 23 de outubro de 2015 10:00 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - O banco central da China cortou as taxas de juros pela sexta vez desde novembro nesta sexta-feira, em outra tentativa de impulsionar a economia.

O Banco do Povo da China informou em seu site que reduziu a taxa de empréstimo bancário referencial de um ano em 0,25 ponto percentual, para 4,35 por cento, entrando em vigor a partir de 24 de outubro.

A taxa de depósito referencial de um ano também foi reduzida em 0,25 ponto, para 1,50 por cento.

O banco central também cortou a taxa de compulsório para todos os bancos, pela quarta vez neste ano. A redução foi de 0,50 ponto percentual para todos os bancos, chegando a 17,5 por cento para os maiores.

A China tem adotado neste ano seu mais agressivo ciclo de afrouxamento de política monetária desde a crise financeira global de 2008/09, com autoridades buscando reacender uma economia afetada pela demanda fraca e capacidade industrial excedente.

(Reportagem de Koh Gui Qing e Winni Zhou)