CMN reduz em R$30,5 bi limite para operações do PSI, buscando diminuir subvenções

sexta-feira, 23 de outubro de 2015 16:44 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que reduz em 30,5 bilhões de reais o limite para operações do Programa de Sustentação de Investimentos (PSI), dentro de um esforço para diminuir subvenções econômicas e buscar o reequilíbrio fiscal, afirmou uma fonte da equipe econômica.

O limite, com isso, passará de 50 bilhões para 19,5 bilhões de reais, disse a fonte, acrescentando que o ritmo de contratação do PSI já estava baixo.

(Por Marcela Ayres)