Mosaic corta 8 por cento dos funcionários em mina de potássio no Canadá

sexta-feira, 23 de outubro de 2015 19:24 BRST
 

WINNIPEG (Reuters) - A empresa de fertilizantes Mosaic despediu 46 trabalhadores sindicalizados, ou 8 por cento da força de trabalho de sua mina de potássio de Colonsay, Saskatchewan, no oeste do Canadá, disse a empresa nesta sexta-feira, em um momento em que produtores enfrentam fraca demanda.

Os preços do potássio caíram no ano passado por causa do excesso de capacidade de produção e uma demanda reduzida em mercados importantes. As vendas também têm sido prejudicadas pelo tempo seco que limitou a safra na Índia, por um novo imposto na China e pela economia fraca do Brasil.

Colonsay tem custos de produção mais altos que as outras minas da Mosaic em Saskatchewan. Em setembro, a Mosaic disse que reduziria a produção no local por causa de compras de fertilizantes atrasadas no Brasil e na América do Norte.

Os cortes dos postos de trabalhos sindicalizados são permanentes e causados pelas "atuais condições do mercado", disse a representante da Mosaic Sarah Fedorchuk. Eles acontecerão imediatamente.

(Por Rod Nickel)