USDA abre caminho para novo milho transgênico da Monsanto nos EUA

sexta-feira, 23 de outubro de 2015 19:27 BRST
 

CHICAGO (Reuters) - O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA)certificou nesta sexta-feira um novo tipo de milho geneticamente modificado desenvolvido pela Monsanto após uma análise concluir que o grão não representa uma ameaça significativa para as safras agrícolas, outras plantas ou o ambiente.

O Serviço de Inspeção de Saúde de Animais e Plantas do USDA (Aphis, na sigla em inglês) anunciou que desregulamentaria o milho MON 87411 da Monsanto, que foi desenvolvido para proteger os pés de milho de vermes comedores de raízes que podem diminuir produtividades e ser tolerantes ao herbicida glifosato.

A característica seria inserida em uma linha do código genético das sementes de milho e poderia ser adicionada a outras características.

O movimento do USDA é um passo no processo de muitos anos necessário para uma empresa comercializar variedades de sementes geneticamente modificadas.

Outros passos incluem avaliações da Administração de Alimentos e Remédios dos EUA (FDA), a Agência de Proteção Ambiental (EPA) e agências reguladoras de outros países.

A Monsanto está planejando o lançamento comercial completo da SmartStax PRO, uma linha de produtos com o milho MON 87411, até o fim da década, dependendo das aprovações regulatórias necessárias, disse a companhia em nota.

(Por Karl Plume e P.J. Huffstutter)