Volkswagen congela promoção de funcionários devido a escândalo de emissões, diz revista

sábado, 24 de outubro de 2015 10:52 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - A Volkswagen (VOWG_p.DE: Cotações) congelará promoções administrativas no ano que vem em sua divisão VW como parte dos esforços de economia de recursos para ajudar a compensar os custos do escândalo dos testes de emissão de poluentes, disse uma revista de negócios alemã neste sábado.

A empresa alemã também planeja reutilizar quantas peças forem possíveis na próxima geração do seu popular Golf para economizar centenas de milhões de euros, de acordo com a Manager Magazin, que citou fontes da Volkswagen.

A maior montadora de carros da Europa está enfrentando sua maior crise de negócios nos seus 78 anos de história após admitir, no mês passado, que instalou um software em veículos a diesel para enganar a fiscalização dos Estados Unidos sobre o verdadeiro nível de emissão de toxinas.

A Manager Magazin disse que a Volkswagen agora vê os custos do escândalo excedendo 30 bilhões de euros, e o novo chefe-executivo Mathias Mueller planeja compensar a maior parte na marca VW, poupando subsidiárias mais luxuosas como Audi e Porsche.

A Volkswagen, que não comentou a notícia deste sábado imediatamente, havia dito que cortaria investimentos na divisão VW -a maior em faturamento- e aceleraria o corte de custos.

(Reportagem de Maria Sheahan; Reportagem adicional de Andreas Cremer)