Confiança da indústria sobe em outubro após atingir mínima histórica

quarta-feira, 28 de outubro de 2015 08:24 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança da Indústria (ICI) interrompeu série de duas quedas seguidas e mostrou ligeira recuperação depois de registrar mínima histórica ao subir 2,3 por cento em outubro.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira que o ICI atingiu 67,5 pontos, contra 66,0 pontos em setembro, quando havia renovado a mínima histórica.

O resultado se deu por conta da melhora nas expectativas. A FGV informou que o Índice de Expectativas (IE) avançou 8,9 por cento, a 69,7 pontos, após atingir nível mínimo histórico de 64,0 pontos no mês anterior.

"A alta do Índice de Expectativas é um resultado favorável, mas que deve ser interpretado como uma sinalização de atenuação, no quarto trimestre, dos números negativos que vêm retratando a evolução da produção e do emprego do setor desde o início do ano", avaliou o superintendente-adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr.

Por sua vez, o Índice da Situação Atual (ISA) caiu 4,0 por cento em outubro, a 65,2 pontos, atingindo a mínima da série.

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada chegou a 76,7 por cento, alta de 0,2 ponto percentual sobre o mês anterior.

Em meio à recessão e crise política no país, que abalam a confiança de forma generalizada, a produção industrial registrou forte queda em investimentos produtivos em agosto, caindo 1,2 por cento sobre o mês anterior.[nL1N1220JC]

(Por Camila Moreira)