Exportação de milho deve triplicar embarques de grãos do Brasil em novembro

quarta-feira, 28 de outubro de 2015 17:11 BRST
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - O movimento de navios previstos para carregar grãos nos portos do Brasil em novembro deverá ser quase três vezes maior que no mesmo período em 2014, com destaque para as exportações de milho e a desvalorização do real, que melhora a competitividade de produtos brasileiros no mercado internacional.

Atualmente, há 114 navios previstos para partir de terminais brasileiros no próximo mês carregando 6,63 milhões de toneladas de soja e milho, segundo dados desta quarta-feira da agência marítima Williams compilados pela Reuters.

No fim de outubro de 2014, a escala de navios para o mês seguinte previa 42 navios, com 2,27 milhões de toneladas de grãos.

A estatística inclui os navios com datas de partida confirmadas para novembro e os com datas a confirmar, cuja tendência é de embarque também em novembro.

"A gente espera que os embarques estejam elevados em novembro... O real perdeu muito valor nesse segundo semestre, o que aumentou muito a competitividade do Brasil", disse a analista de mercado Ana Luiza Lodi, da INTL FCStone.

Tradicionalmente, os terminais graneleiros do Brasil são ocupados majoritariamente por milho nos últimos meses do ano, após a colheita da segunda safra de milho do Centro-Oeste e do Paraná.

A tendência se repetirá no próximo mês, com carregamentos previstos de 5,3 milhões de toneladas do cereal, 148 por cento acima do previsto um ano atrás para novembro de 2014.

As exportações de novembro acompanham o forte ritmo de outubro.   Continuação...