BC vê mais inflação em 2015 e 2016; diz que ficará vigilante frente a "demais políticas"

quinta-feira, 29 de outubro de 2015 09:10 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Central piorou sua previsão para a inflação neste ano e em 2016, afirmando que ambas estão acima do centro da meta --de 4,5 por cento pelo IPCA, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos--, e reforçou que tem de permanecer vigilante "independentemente do contorno das demais políticas", segundo ata do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta quinta-feira.

Na semana passada, o BC decidiu por unanimidade manter a Selic em 14,25 por cento ao ano, mudando o discurso em relação à convergência da inflação para o centro da meta, deixando claro que o objetivo será alcançado não mais no fim de 2016, mas em 2017, em meio ao cenário de indefinições fiscais e turbulências políticas no país.

(Por Patrícia Duarte)

 
Sede do Banco Central, em Brasília.   15/01/2014    REUTERS/Ueslei Marcelino