Déficit primário pode ir a R$110 bi com pagamento de pedaladas, aponta secretário do Tesouro

quinta-feira, 29 de outubro de 2015 10:29 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Saintive, disse nesta quinta-feira que há potencial de abatimento da meta de resultado primário de 2015 de 50 bilhões de reais referentes às chamadas pedaladas fiscais, indicando a possibilidade de o déficit chegar a 110 bilhões de reais no ano.

Segundo Saintive, o governo está aguardando acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o caso para fazer sua proposta de pagamento em cima de determinações que serão feitas pelo órgão de fiscalização.

(Por Marcela Ayres)