Maiores bancos dos EUA terão que aumentar capital em US$120 bi

sexta-feira, 30 de outubro de 2015 17:26 BRST
 

(Reuters) - Seis de oito bancos sistemicamente importantes dos Estados Unidos em nível mundial precisam levantar um adicional de 120 bilhões de dólares para cumprir uma exigência regulamentar proposta nesta sexta-feira pelo Federal Reserve.

Os requisitos têm como meta garantir que bancos, incluindo Bank of America (BAC.N: Cotações), Goldman Sachs (GS.N: Cotações), Bank of New York Mellon (BK.N: Cotações), Citigroup (C.N: Cotações), JPMorgan (JPM.N: Cotações), Morgan Stanley (MS.N: Cotações), State Street (STT.N: Cotações) e Wells Fargo (WFC.N: Cotações), consigam se recapitalizar sem danificar os mercados ou exigir ajuda estatal.

Os bancos devem cobrir a necessidade de capital, emitindo dívida, que deve compensar mais do que emitir ações, segundo disseram funcionários do Federal Reserve nesta sexta-feira.

A regra amplamente antecipada pelo mercado, diz respeito à capacidade total de absorção de perdas dos bancos. É uma das várias regras destinadas a reduzir o risco no sistema bancário.

As regras também se aplicam às operações norte-americanas de bancos estrangeiros sistemicamente importantes, que enfrentarão requisitos quase similares aos dos bancos norte-americanos, disseram autoridades do Federal Reserve.

(Reportagem de Dan Free)