Petrobras conclui acordo com Guarani com aporte de R$268 mi

sexta-feira, 30 de outubro de 2015 19:54 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Tereos Internacional informou nesta sexta-feira que a Petrobras elevou sua participação na empresa do setor de açúcar e etanol Guarani, ao concluir a última etapa de um aporte de capital previsto em acordo assinado em 2010, desembolsando 268,1 milhões de reais.

Dessa forma, a Petrobras Biocombustível passará a deter 45,9 por cento do capital social da Guarani, enquanto a francesa Tereos permanecerá detendo 54,1 por cento da empresa.

O investimento total da Petrobras, com o aporte que deverá ser realizado até 5 de janeiro de 2016, somará 1,611 bilhão de reais, ajustado pela inflação, disse a Tereos.

O acordo de 2010 assinado pela Tereos e pela Petrobras em relação aos ativos da Guarani anteviu um aumento gradual de participação pela petroleira brasileira ao longo do tempo, dependendo da execução de alguns investimentos.

Segundo o acordo, esta sexta-feira era o último dia para a Petrobras confirmar se faria o pagamento final.

O aporte ocorre em um momento em que petroleira estatal lida com o maior endividamento entre as companhias do setor petrolífero e está tentando superar um escândalo de corrupção. Dessa forma, havia dúvidas no setor açucareiro se a empresa concluiria seu investimento na Guarani.

A Petrobras "realizou a subscrição de ações relativa ao último aporte de capital na Guarani conforme previsto no acordo de investimento", disse a Tereos em nota.

A Petrobras não retornou os pedidos de comentários.

A Guarani possui sete usinas em São Paulo, o maior Estado produtor. As instalações têm capacidade de produção combinada de 1,73 milhão de toneladas de açúcar e 903 milhões de litros de etanol por ano.   Continuação...