Premiê da China diz que há "muito espaço" para consumo do país crescer

domingo, 1 de novembro de 2015 10:48 BRST
 

SEUL (Reuters) - A China está firmemente comprometida com a reestruturação e as reformas, e o consumo tem "muito espaço" para crescer, afirmou o primeiro-ministro, Li Keqiang, neste domingo, descartando as preocupações de que a economia corre o risco de um pouso forçado.

A segunda maior economia do mundo continua a crescer a quase 7 por cento, disse Li a um grupo de líderes empresariais na Coreia do Sul, que conta com a China como seu maior mercado de exportação.

"A economia chinesa manterá um nível de médio a alto de crescimento por algum tempo no futuro", disse Li, de acordo com declarações divulgadas pela Câmara de Comércio e Índústria coreana, um dos grupos que recebeu o premiê.

"Vamos buscar firmemente reestruturação e reformas. Pode haver flutuações nos indicadores econômicos, mas não haverá grandes flutuações."

"Acreditamos que o consumo chinês está na metade (de sua capacidade). Ainda há muito espaço."

(Reportagem de Jack Kim)